A Universidade do Porto vai estar na grande Green Business Week, que terá lugar entre os dias 1 e 3 de Março de 2016 no Centro de Congressos de Lisboa.

Durante os três dias de exposição os visitantes poderão percorrer o Espaço CI&DI – Ciência Investigação, Desenvolvimento e Inovação – onde será comunicada a I&D realizada na U.Porto nas áreas temáticas do evento. No Espaço U.Porto estarão presentes grupos de investigação das Faculdades de Arquitetura, Ciências, Ciências da Nutrição e Engenharia (com dois protótipos), bem como do Centro de Estudos de Arquitetura e Urbanismo da U.Porto (CEAU), INESC e CIIMAR.

A Universidade do Porto, enquanto entidade preocupada com as tecnologias verdes e com trabalhos promissores nesse sentido, será também representada por 5 empresas spin-off U.Porto que irão expor os seus mais recentes projetos relacionados com a temática. Serão elas:

Noocity
Empresa que quer estimular a produção de alimentos em casa através do desenvolvimento de equipamentos eficientes e acessíveis que permitam a produção de comida, de forma simples e ecológica, nas cidades. O principal produto da startup é o Noocity Growbed, uma cama de cultivo com sistema de auto-rega, fácil de montar e de baixa manutenção, que permite plantar uma grande variedade de legumes, frutos e ervas em qualquer lugar.

WiseCrop
Esta empresa possui uma tecnologia que permite a monitorização de plantações agrícolas, oferecendo ao produtor indicadores de apoio à decisão, modelos avançados de previsão e ainda a possibilidade de integração com o sistema de rega.

Addvolt
É uma startup idealizada por quatro engenheiros eletrotécnicos, cujo principal produto é a tecnologia WeTruck. Resultado de um trabalho académico em colaboração com uma empresa de transportes, o WeTruck consiste num “kit” elétrico que permite aos veículos pesados de carga refrigerada produzir, recuperar e armazenar energia elétrica durante a operação da viatura, tendo impacto na poupança de combustível, na redução de emissões de CO2 e na diminuição do ruído.

Casas em Movimento
Um conceito de arquitetura viva, inovação e sustentabilidade, que interage com a natureza (mais propriamente com o sol), que se funde com o envolvente e que se adapta às necessidades do momento e das famílias. Casas em movimento é um projeto pioneiro que apresenta dois movimentos de rotação combinados, transformando-se numa solução auto-sustentável no que diz respeito à resposta das necessidades energéticas e espaciais dos seus habitantes.

InnovCat
Uma startup de base tecnológica focada na produção e comercialização de materiais funcionais, catalisadores sólidos e tecnologias sustentáveis para a produção de biocombustíveis e bioprodutos a partir da valorização de subprodutos industriais, resíduos e biomassa. Aposta fortemente na inovação para responder às necessidades dos seus clientes, oferecendo processos industriais mais eficientes e mais económicos.

Apostamos na inovação e desenvolvimento para responder as necessidades dos nossos clientes oferecendo-lhes processos industriais mais eficientes, mais económicos, onde recuperar e valorizar são palavras-chave.

Também as tecnologias “Janela Inteligente”, do investigador José Cavalheiro, e “Dispositivo para a movimentação de veículos” do investigador Joaquim Gabriel Mendes, ambos da Faculdade de Engenharia, vão ter lugar reservado no espaço da U.Porto. A Janela Inteligente é, como o próprio nome indica, uma janela (que pode ser utilizada também como portada ou claraboia) que permite um grande aproveitamento da energia solar, regulando de forma gradual a intensidade de luz que entra num edifício. Esse processo é feito através da capacidade de absorção de energia solar por um filme líquido. Já o “Dispositivo para a movimentação de veículos” consiste num inovador sistema de movimentação que se baseia na transmissão linear da força em vez dos convencionais movimentos circulares dos sistemas clássicos. O sistema, que pode ser efetuado com força humana ou de máquinas, melhora a eficiência da transmissão mecânica e pode ser utilizado em bicicletas e outros veículos.